As comissões técnicas das Seleções Femininas se reuniram na sede da CBF, no Rio de Janeiro, nesta semana. Foram dois dias de trabalho voltados para as próximas convocações das categorias de base, planejamento visando ao Sul-Americano e fizeram um balanço da primeira convocação, analisando, principalmente, os pontos que podem ser melhorados.

A treinadora da equipe Principal, Emily Lima, comandou a reunião acompanhada dos integrantes da sua comissão, o coordenador Marco Aurélio Cunha, o supervisor Miguel Ernesto, o auxiliar Guilherme Giudice, o analista de desempenho Julio Resende e o preparador físico Jairo Porto. Da Sub-20, vieram o técnico Doriva Bueno, o preparador físico Jorge Colombo e o supervisor Amauri Nascimento; e da Sub-17, o treinador Luizão e sua assistente Débora Ferreira.

Doriva e Luizão sincronizaram a programação das duas seleções, já que estarão concentradas juntas na Granja Comary em julho. Apesar de a dupla ter o mesmo objetivo – conquista do Sul-Americano e consequente classificação para a Copa do Mundo da categoria em 2018 –, os trabalhos para serem alcançados são diferentes. O comandante da Sub-20 tem jogadoras remanescentes da sua categoria no ano passado e uma base experiente da Sub-17 de 2016 que subiu. Por outro lado, Luizão tem observado jogos do Campeonato Brasileiro A1 e A2, tem um banco de dados de jogadoras mais novas que já passaram por ele em anos anteriores.

– Tudo é novo agora. São atletas novas agora na Sub-17, temos observado muitas meninas e felizmente estamos encontrando nos campeonatos nacionais e tendo certeza que vamos fazer uma Seleção Sub-17 muito forte – avaliou o treinador.

Confira mais notícias das seleções brasileiras de base femininas.