Dona da melhor campanha do Sul-Americano Sub-17 até aqui, com melhor defesa e ataque da competição, a Seleção Brasileira entra em campo nesta quinta-feira (16) para enfrentar a Colômbia, às 22h15, no Estádio El Teniente, em Rancágua, no Chile.

Mais do que uma simples vitória, a noite desta quinta-feira pode valer muito mais para o Brasil. Sem depender de nenhum outro resultado, o time do técnico Carlos Amadeu pode garantir uma vaga no Mundial da Índia com uma rodada de antecedência. Para isso, basta não perder para a Colômbia.

A noite pode ser ainda mais importante se os resultados anteriores favorecerem. Caso o Paraguai não vença a Venezuela no primeiro jogo da rodada tripla desta quinta-feira, marcado para as 17h45, e o Chile seja derrotado pelo Equador na partida das 20h, o Brasil leva o seu 12º título do Sul-Americano Sub-17 se passar pela Colômbia na sequência.

São muitos "ses" e, por isso mesmo, os jogadores garantem que não estão fazendo contas no momento. O importante é manter a cabeça da mesma maneira que começaram o hexagonal final, pensando jogo a jogo. Foi o que disse o volante Victor Bobsin após o treinamento de quarta-feira.

– Não adianta pensar em Mundial ou título quando entrar em campo. Temos que fazer o que viemos fazendo a competição inteira: pensar em vencer e conquistar mais três pontos. Os objetivos vão ser conquistados como consequência das vitórias.