Enquanto na última semana o houve reunião da comissão técnica da Seleção Principal na sede da CBF, nesta quarta-feira (26) foi a vez do coordenador Edu Gaspar se encontrar com os profissionais das categorias de base da entidade. O bate-papo ocorreu na Granja Comary.

Concentrados com a Seleção Sub-20 para um período de treinamento visando a disputado Torneio de Toulon (Festival Espoirs 2017), os técnicos Carlos Amadeu e Guilherme Dalla Déa, e o supervisor Raul Fachini participaram do encontro. Também estiveram na reunião os observadores Rodrigo Lameira e Rodrigo de Carvalho.

O objetivo desta conversa era traçar os planos para a disputa dos três campeonatos que a base brasileira tem pela frente ainda este ano: o Torneio de Toulon, que começa já e maio, o Mundial Sub-17, em outubro, e o Sul-Americano Sub-15, ainda sem data definida (geralmente realizado entre novembro e dezembro). São os chamados microciclos.

Para Toulon, por exemplo, ficaram definidos o cronograma de observações da Copa do Brasil Sub-20, de onde poderão sair muitos convocados, e também o planejamento para o próximo período de treinamento, já com a viagem para a França na sequência.

Vale ressaltar que o Festival Espoirs 2017, mais conhecido como Torneio de Toulon, é uma competição sub-20, mas o Brasil irá disputá-la com jogadores sub-18 (nascidos em 1999). O objetivo é já iniciar a preparação para o Sul-Americano Sub-20 de 2019, que será o Pré-Olímpico para os Jogos do ano seguinte, em Tóquio.

Também se falou do Mundial Sub-17, para o qual o Brasil conquistou a vaga ao levantar o troféu de campeão Sul-Americano Sub-17 no Chile, em março deste ano. A partir de junho, o foco total dos observadores e da comissão técnica será nesta competição e na formatação da equipe que irá para Índia.