Assim como na primeira fase do Sul-Americano Sub-17, Brasil e Paraguai voltaram a empatar na competição. Na abertura do Hexagonal Final, nesta terça-feira (7), no Estádio El Teniente, em Rancágua (CHI), as duas seleções ficaram no empate em 2 a 2. Os gols brasileiros foram marcados por Lincoln. Próximo adversário da Seleção Brasileira será a Venezuela, sexta-feira (10), às 22h15, no mesmo local.

O JOGO

Explorando as triangulações, a Seleção Brasileira criou as principais chances do primeiro tempo. Logo no primeiro minuto, após rápida troca de passes, Vinícius Júnior finalizou rasteiro e obrigou o goleiro a espalmar para escanteio. Aos 11, o camisa 11 voltou a assustar, mas a bola subiu demais. Incansável, o atacante continuou dando trabalho aos defensores paraguaios e, aos 16 minutos, cruzou na cabeça de Lincoln, que subiu mais alto que a zaga e abriu o placar, 1 a 0. Aos 40 minutos, após Paulinho ser derrubado na área, Lincoln mostrou frieza na cobrança de pênalti e ampliou, 2 a 0. O Paraguai tentou responder antes do intervalo, mas Gabriel Brasão fez grande defesa e manteve a vantagem brasileira.

Tentando repetir o bom início de jogo, o Brasil foi para cima do Paraguai e quase balançou as redes aos quatro minutos. Paulinho recebeu dentro da área, puxou para a direita e soltou a bomba para boa defesa de Roa. Com mais espaço para os contra-ataques, a Seleção Brasileira voltou a levar perigo aos 26 minutos, mas o chute de Alan passou por cima do gol.Aos 32 minutos, o Paraguai respondeu e descontou com Martín Sánchez. Quatro minutos depois, em jogada aérea, Fernández deixou tudo igual, 2 a 2.

Brasil: Gabriel Brasão, Wesley, Vitão, Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin, Alan (Vitinho) e Marcos Antônio (Rodrigo Nestor); Paulinho (Brenner), Lincoln e Vinícius Júnior. Técnico: Carlos Amadeu