Praia do Leme, Rio de Janeiro, quarta-feira (19) de sol forte. Típico dia carioca, apesar de não estarmos no verão. Para muitos o cenário perfeito para um dia de lazer. Para a Seleção Brasileira de Beach Soccer, o escritório para a reta final de preparação para a Copa do Mundo FIFA Bahamas, que acontece na capital Nassau, entre os dias 27 de abril e 7 de maio.

Dos 16 jogadores convocados para o período de treinos, os 12 escolhidos que vão disputar a competição trabalharam pela manhã. Bolas paradas, jogadas ensaiadas e um coletivo foram comandados pelo técnico Gilberto Costa, sob os olhares da experiente comissão técnica. À tarde, a agenda também foi de treinamento. Esta é a última semana antes da Copa do Mundo. No domingo (23), a delegação viaja e estreia no Mundial no dia 28 contra o Taiti, às 18h30 (horário de Brasília). 

– Estamos treinando muito forte. A preparação está bem específica para a Copa do Mundo. Agora nós sabemos quais adversários vamos enfrentar, os três primeiros, e a gente tem de pensar exclusivamente neles. A gente até constrói treinos pensando nos próximos passos, quartas de final, mas o foco são Taiti, Japão e Polônia. Esse é o foco hoje. Então é muito detalhe em cima dessas três seleções – explicou o treinador Gilberto Costa.

O Brasil é cabeça de chave do grupo D e nesta primeira etapa vai enfrentar Taiti, Japão e Polônia. Entra em campo nos dias 28 e 30 de abril e 2 de maio. Após os primeiros jogos, começam as quartas de final, em 4 de maio.

Se vencer a Copa do Mundo, a Seleção ostentará o 100º título. Nunca ficou de fora de um Mundial desde que começou a ser organizado pela FIFA, em 2005. O Brasil é recordista em número de jogos na competição. Já são 45 partidas.