Craques da Seleção Brasileira Feminina, Marta e Cristiane estão de volta ao Brasil após a disputa dos Jogos Olímpicos, em agosto do ano passado, quando o time sentiu de perto o calor da torcida. As jogadoras, que atuam na Suécia e na França, comemoraram o retorno ao país.

– Estivemos aqui nas Olimpíadas, mas foi muito rápido. A maioria das meninas que vinha jogando desde o começo não atuou naquele jogo. Eu joguei bem pouquinho, então ficou aquele gostinho de quero mais – disse Marta, lembrando do empate sem gols com a África do Sul, em que o Brasil já entrou classificado e atuou com o time reserva.

Cristiane comemorou o fato de o retorno ser em Manaus, cidade brasileira que sempre acolheu bem as jogadoras.

– Poder retornar agora nesse amistoso aqui em Manaus, com a torcida, é maravilhoso. A gente sabe que aqui o torcedor vem e torce. Acho muito bacana essa torcida em peso.

Estreia sob o comando de Emily Lima

Além do retorno ao Brasil, Marta e Cristiane vivem um novo momento na Seleção Brasileira. Pela primeira vez, as atacantes estão trabalhando com a treinadora Emily Lima, que assumiu a equipe em novembro de 2016. No final do ano, as jogadoras não foram liberadas pelos seus clubes para atuar no Torneio Internacional de Futebol Feminino, disputado em Manaus, em que o Brasil foi heptacampeão.

– Está sendo tudo novo. Então estou usando essa oportunidade para conhecer toda a comissão, o trabalho que está sendo desenvolvido, o objetivo. Ser experiente e viver esse momento novo é interessante, porque são essas coisas que fazem a gente se manter motivada. Se não tem nada novo, o que a gente vai buscar no futuro? Então é importante que a gente pense dessa maneira e aja assim nos treinos, no dia a dia, porque temos sempre o que aprender – disse Marta.

Cristiane também falou sobre o primeiro contato com a nova treinadora e espera seguir ajudando a Seleção.

– (A Emily) Ela foi atleta, conhece o nosso lado. Sabe o que a gente precisa, é comunicativa, deixa tudo muito aberto para a gente expor nossas opiniões. Acho que isso é importante. Espero que seja um ciclo muito vencedor e que eu possa contribuir da melhor maneira possível – encerrou.

A Seleção Feminina está em Manaus para o amistoso com a Bolívia, no domingo (9), às 20h30 (de Brasília), na Arena da Amazônia.