Treino aberto da Seleção Feminina em Manaus

 

Em mais um dia de trabalho intenso em Manaus, a Seleção Brasileira Feminina contou com o apoio da torcida, que doou 1 kg de alimento não perecível para poder participar do treino no Estádio Carlos Zamith, na tarde desta quinta-feira (6). Além dos chamados pelas jogadoras, gritos de gols vinham da arquibancada a cada bola na rede durante a atividade.

– Foi muito bom sentir essa energia da torcida. A gente sabe que eles nos apoiam bastante. É a terceira vez que estamos aqui em Manaus e a energia é sempre muito positiva. A gente já se sente em casa aqui – disse a lateral Tamires.

No meio da calorosa torcida, as irmãs Iasmyn e Idamara Beltrão tinham um objetivo: poder tirar foto com a goleira Bárbara. Aos 22 anos, Idamara atua na mesma posição no time de sua empresa e tem a camisa 1 da Seleção Feminina como inspiração. Após aguardar o fim do treino das goleiras e conseguir a tradicional selfie, autógrafos e até um bate papo com a jogadora, a torcedora comemorou.

– Nós sempre acompanhamos a Seleção aqui em Manaus. Somos fãs de todas elas. A Bárbara é especial porque me espelho nela, ela defende muito bem e merece muito estar onde está. Estou muito feliz com esse contato. Um momento muito especial – disse Idamara, emocionada.

Bárbara comentou sobre o encontro e, também muito emocionada, falou sobre a responsabilidade de inspirar meninas a atuar no futebol feminino.

– Acho que isso é uma força que a gente termina recebendo. Sempre tentamos nos espelhar em algumas pessoas e tentar buscar algumas energias. E são essas pessoas que nos têm como exemplo que fazem com que a gente tire essa força de dentro. São situações como essa que nos dá mais força para lutar dentro do treino e dar o melhor em um jogo.

A Seleção Feminina está em Manaus para o amistoso contra a Bolívia, no domingo (9), às 20h30 (de Brasília), na Arena da Amazônia.