Neste domingo (9), a Seleção Brasileira Feminina volta a enfrentar a Bolívia após dois ano e meio. O último encontro entre as equipes foi na estreia da Copa América de 2014, no Equador, em que o Brasil goleou por 6 a 0. Apesar do último saldo ter sido bem positivo para a Canarinho, a zagueira Bruna Benites ressalta que o tempo passou e que todas as seleções evoluíram.

– A gente sempre espera que as seleções evoluam. Da mesma maneira que a gente tem trabalhado muito aqui, acredito que a seleção da Bolívia também vem trabalhado. Eu não costumo ligar muito para essa questão de jogos passados, eu acho que a cada jogo é um jogo, é uma realidade diferente. Ninguém entra em um jogo para perder, acredito que a Bolívia vai vir para fazer o resultado dela. Acho que toda seleção tem que pensar assim, não pode pensar diferente. A gente espera um jogo muito difícil, com uma seleção que vai jogar fechada, procurando o contra-ataque.

Na goleada da Copa América, o Brasil marcou com Andressa Alves, Formiga (duas vezes), Darlene, Thaisa e Fabiana. As três últimas foram convocadas para o amistoso deste domingo, e Fabiana deu a receita para buscar mais uma vitória.

– Ganhamos de 6 a 0 da Bolívia (em 2014), mas as seleções estão evoluindo bastante. Espero que seja um jogo duro, que a Bolívia tenha estudado bastante o Brasil e acho que vai dificultar para gente. Estamos trabalhando com muito foco na parte ofensiva e acredito que vamos conquistar o resultado positivo.

No comando da Seleção, Emily Lima terá seu primeiro confronto com a Bolívia e falou como está a preparação para a partida.

– A gente acredita que o jogo sempre é complicado, porque nunca sabemos como elas vão estar. A gente busca informações, mas nunca sabe como realmente vai ser. Estamos trabalhando muito em cima da nossa equipe, o nosso modelo de jogo. Claro que temos que aproveitar os pontos fracos da Bolívia, mas estamos muito focados no nosso trabalho. Independentemente do que foi no passado, amanhã vamos fazer uma nova história. Vitoriosa, se Deus quiser.

Brasil e Bolívia se enfrentam neste domingo, às 20h30 (de Brasília), na Arena da Amazônia.