Thais Regina e Vitória tiveram um dia de sonho. A dupla que foi convocada pelo técnico da Seleção Brasileira Feminina Sub-20, Doriva Bueno, em março, passou o dia com a equipe principal, comandada pela treinadora Emily Lima, em Manaus.

A zagueira e a atacante atuam pelo Iranduba, clube amazonense que está no topo da tabela do Campeonato Brasileiro Feminino Série A-1. Entretanto, as duas ainda não estão registradas e por isso não viajaram com a equipe para jogar a sexta rodada da primeira fase da competição – nesta sexta (7), contra o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Apesar de amigas, de atuarem juntas pelo Hulk da Amazônia e de terem sido convocadas para a Sub-20, as duas têm histórias diferentes. Thais foi vice-campeã sul-americana Sub-17 no ano passado, na Venezuela, com quase 40 mil torcedores no estádio apoiando as donas da casa, e disputou a Copa do Mundo Sub-17 na Jordânia. Vitória foi "descoberta" pelas categorias de base da Seleção no fim de 2016, em uma seletiva em Manaus.

Thais já conhecia muitas jogadoras, como a conterrânea de Recife, Bárbara, e queria muito conhecer Marta, apesar de não atuarem na mesma posição. Vitória teve seu primeiro contato com as atletas da principal nesta quinta e queria muito conversar com Fabiana e Bia. Sonho realizado.

– Eu falei com a Bia e com a Mônica, conversei com elas, mas não muito. Eu fico mais analisando o que a Bia faz, como sou da mesma posição que ela, eu gosto de observar. Mas fico observando todas, porque hoje no futebol moderno não tem posição fixa, não vejo só as atacantes, mas as outras também, do que precisar, eu jogo – explicou Vitória.

Depois de passarem o dia juntas, a Seleção Brasileira ganhou duas fãs ainda mais fortes: Thais Regina e Vitória são torcedoras confirmadas para a partida de domingo (9) contra a Bolívia, na Arena da Amazônia, às 19h30 (20h30 de Brasília).