Em reunião realizada na noite deste domingo entre Neymar e a comissão técnica, ficou decidido que a CBF acatará a decisão da Conmebol, que suspendeu o jogador por quatro partidas, o que o deixa fora da Copa América.

A comissão técnica e o jogador esperam que o mesmo rigor com que a Conmebol puniu Neymar seja adotado em todas as competições organizadas pela entidade.

Por fim, a comissão técnica da Seleção Brasileira lamenta a perda de mais um jogador importante para a disputa desta competição.

Neymar deixa a delegação que está concentrada no Hotel Sheraton, em Santiago, nesta segunda-feira.