A Seleção Brasileira tem mais uma conquista para celebrar, mas esta não pode ser mensurada por um placar ou um troféu no museu. Graças a uma ação realizada em parceria entre CBF, TV Globo, e Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), na partida Brasil 2 x 1 Colômbia, uma mulher desesperada conseguiu encontrar o filho desaparecido há dois anos.

No dia 6 de setembro de 2016, no intervalo do jogo na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, voluntários que estavam nas arquibancadas levantaram cartazes enormes, com os rostos de crianças desaparecidas. A ação foi organizada pela CBF, FIA e TV Globo, que exibiu as imagens para todo o Brasil.

Depois do confronto – vitória da Seleção por 2 a 1, a FIA recebeu uma informação anônima, contando a localização de um dos meninos que teve o rosto mostrado na transmissão. Com esta ajuda, Kelly chegou ao filho Kelvyn, que estava desaparecido há dois anos e foi encontrado em uma creche.

– Quando vi a foto, entrei em desespero. Fique muito emocionada. Muito. Depois, com a ajuda da psicóloga, voltamos a conviver e estamos felizes – disse a mãe à TV Globo, no programa “Encontro com Fátima Bernardes”.

Kelly reencontrou filho desaparecido graças à campanha promovida por CBF, TV  Globo e FIA (clique e assista ao vídeo).