A gloriosa história história da seleção que mais venceu no mundo - o Brasil pentacampeão - começou no dia 21 de julho de 1914. No Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, completamente lotado, os torcedores assistiram ao primeiro jogo de uma longa trajetória que, nesta segunda-feira, traz a marca do centenário da maior paixão do povo brasileiro. 

O primeiro jogo

Vindo de uma excursão pela Argentina, o Exeter City F. C., clube de profissionais da 3ª divisão da Inglaterra, chegou ao Brasil no mês de julho de 1914. A simples presença dos inventores do futebol agitou a cidade do Rio de Janeiro. Milhares de pessoas costumavam ficar horas a fio em frente ao Hotel dos Estrangeiros, o mais requintado da cidade, localizado na Praça José de Alencar, nas Laranjeiras, onde a delegação inglesa se encontrava hospedada, na esperança de ver os jogadores britânicos.

Para enfrentar os ingleses, a FBS convocou os melhores jogadores em atividade no Rio de Janeiro e São Paulo, os grandes centros do futebol brasileiro na época. Entre os convocados para formar a primeira Seleção Brasileira estavam Marcos de Mendonça, Friedenreich, Abelardo De Lamare, Rubens Salles e Sylvio Lagreca, entre outros. Ali nascia a primeira formação da Seleção Brasileira.

Por mais que não queiram os céticos, era a Seleção, pois foram convocados os grandes craques em atividade pela entidade máxima da época. Quanto à partida ser oficial ou não, é uma outra história, até porque na história do futebol não se tem conhecimento de um clube ou seleção que tenha iniciado sua história disputando um jogo ou competição oficial. Durante a permanência dos ingleses no Rio de Janeiro, aconteceu um fato hilariante. Um português, proprietário de um bar nas proximidades do hotel onde os jogadores do Exeter City encontravam-se hospedados, explorou com muita inteligência a fama dos britânicos. Depois de servir suco de laranja a três jogadores, o esperto português aguardou a saída deles e, em seguida, colocou em leilão as cadeiras, a mesa e os copos por eles utilizados, conseguindo arrecadar uma vultuosa quantia. 

Antes da partida contra a Seleção, os ingleses disputaram dois amistosos e derrotaram um combinado de jogadores ingleses que atuavam no futebol carioca por 3 a 0. Posteriormente venceram a Seleção Carioca por 5 a 3. Tal façanha os credenciava como adversários fortes para os padrões que os torcedores estavam acostumados a ver. A partida aconteceu em 21 de julho de 1914, no campo do Fluminense, na Rua das Laranjeiras. O campo estava totalmente lotado: 5.000 espectadores.

Oswaldo Gomes, o autor do primeiro gol da Seleção Brasileira

Para surpresa geral, o Brasil venceu com facilidade, pelo placar de 2 a 0. Os gols foram marcados por Oswaldo Gomes aos 15 minutos do primeiro tempo – este, o primeiro gol da história da Seleção Brasileira – e Osman aos 30 minutos do mesmo período.

Durante o jogo aconteceram diversos incidentes. Os jogadores ingleses, acostumados a jogar num regime profissional, disputavam os lances com mais apetite, ao passo que os brasileiros, ainda amadores, procuravam jogar mais por exibição e lazer. Mesmo assim, a técnica e a habilidade dos brasileiros surpreenderam os jogadores do Exeter City. Inferiorizados na contagem e sem poder de reação, os jogadores ingleses não pouparam lances de violência. Rubens Salles foi atingido nas costelas; Friedenreich perdeu dois dentes e saiu de campo sangrando muito, mas retornou após receber atendimento. Na metade do segundo tempo, James Lagan e Jack Fort ameaçaram abandonar o campo, mas Jimmy Rigby, capitão da equipe, os fez retornar.

O grande nome da partida foi Rubens Salles, que, mesmo contundido, mostrou seu espírito de liderança e comandou a Seleção até o final da partida.

21/07/1914 (15.45)

BRASIL 2:0 EXETER CITY FC (ING) (2:0)

Competição: Amistoso.

Local: Campo da Rua Guanabara (Laranjeiras), no Rio de Janeiro (RJ). Público: 3.000 espectadores.

Árbitro: Harry Robinson (Inglaterra). Assistentes: Jack Maishan (Inglaterra), Arnaldo Borghet (Brasil). 

Gols: Osvaldo Gomes, aos 28; Osman, aos 36.

BRASIL: Marcos de Mendonça, Píndaro e Nery; Sylvio Lagreca, Rubens Salles e Rolando; Abelardo, Oswaldo Gomes, Friedenreich, Osman e Formiga. Comissão Técnica: Sylvio Lagreca e Rubens Salles (capitão).

EXETER CITY: Loram; Fort e Strettle; Rigby, Lagan e Hardin; Holt, Whittaker, Hunter, Lovett e Goodwin. Treinador: Mac Gahey.

FONTE E TEXTO DO PRIMEIRO JOGO: Gerência de Memória da CBF