Ryan Verhoeven é uma adolescente americana como outra qualquer: cresceu jogando futebol desde os 4 anos de idade, disputou campeonatos escolares e estudantis, conseguiu uma bolsa por jogar tão bem. Entretanto, há poucos anos, descobriu que tem uma síndrome rara, em que suas veias das pernas morrem quando ela pratica qualquer atividade física.

A Seleção Brasileira Feminina, concentrada em Los Angeles, conheceu a história da americana de 17 anos e deu um pouco de esperança à menina que passará por uma cirurgia de 10 horas na segunda-feira (7).

Conheça a história e veja como foi a surpresa das jogadoras para Ryan!