A Seleção Brasileira Sub-17 encerrou sua participação no Torneio de Montaigu nesta segunda-feira. Em partida contra os Estados Unidos, o time do técnico Guilherme Dalla Déa venceu por 2 a 0. Os gols foram marcados por Rodrygo e João Victor.

Com a vitória em cima dos EUA, o Brasil chega ao fim da competição com três vitórias em quatro jogos. A única derrota foi na estreia, por 2 a 1, para a Dinamarca. Na sequência, a Seleção emendou um 3 a 2 no Marrocos, 5 a 0 em Camarões e este 2 a 0 contra os americanos.

Além das três vitórias, a Sub-17 volta para casa com 12 gols marcados em quatro jogos, contra apenas quatro sofridos. Vale lembrar que também participaram da competição, além dos países que enfrentaram o Brasil, a China, o México, a França, Bélgica, Inglaterra, Portugal e Japão.

- Foi uma experiência muito importante para os meninos. Enfrentar escolas de três continentes diferentes, isso é essencial neste processo de formação. Conseguimos três vitórias em quatro partidas, mostramos um futebol ofensivo, sempre em busca do gol. Foi interessante também ver a evolução de um jogo para outro, com eles cada vez mais à vontade vestindo a Amarelinha. Agora é voltar com todas as informações para passar ao Amadeu (técnico da Sub-17) e podermos seguir nossa preparação para o Mundial Sub-17 da Índia - disse Guilherme Dalla Déa, técnico da Sub-15 e auxiliar da Sub-17.

Este Torneio de Montaigu foi disputado pela geração 2001 e serviu de preparação para o Mundial da Índia. Os jogadores nascidos em 2001 se juntarão aos da geração 2000 para compor o time que está na Copa do Mundo.