O Centro de Pesquisa e Análise (CPA) da Seleção Brasileira terá pelos próximos meses o auxílio de 19 clubes da Série A do futebol nacional na observação de possíveis adversários do Brasil na Copa do Mundo FIFA Rússia 2018.

A ideia desenvolvida pelo coordenador do CPA, Fernando Lázaro, tem como objetivo a ampliação das observações já executadas pelos analistas da comissão técnica da Seleção Brasileira.

– Mais do que prestar o auxílio à comissão técnica da Seleção, o profissional responsável por cada possível adversário poderá trazer novas opiniões e observações, o que enriquecerá a análise e o debate sobre nossas estratégias – explicou Fernando Lázaro.

Das 32 seleções presentes na Copa do Mundo, 27 serão analisadas. Não estão presentes na lista as equipes classificadas pelas Eliminatórias da América do Sul, adversários recentes da Seleção.

Após a aprovação da ideia pela comissão técnica, o Coordenador de Seleções, Edu Gaspar, foi o responsável por entrar em contato com os clubes para explicar o projeto e solicitar a participação dos departamentos de análises de adversários.

Para definir as responsabilidades de cada departamento de análise foi realizado um sorteio na sede da CBF, gravado e disponibilizado a todos os clubes. (Os resultados estão disponíveis na folha em anexo).

Parceria com a CBF Academy

Com a finalidade de integração dos alunos, a CBF Academy selecionou vinte e sete alunos do curso de análise de desempenho para auxiliar os clubes no projeto.

– A ideia é que os alunos auxiliem os departamentos de análise de desempenho dos clubes com a produção de relatórios e, obviamente, a opinião deles será muito positiva para nosso projeto  concluiu Fernando Lázaro.