O planejamento para 2018 já começou, mas ainda é tempo de revisar o que aconteceu em 2017. Nas categorias de base da Seleção Brasileira, o ano foi cheio. Por se tratar de um ano ímpar, quando Conmebol e FIFA organizam suas competições de base, foram quatro competições oficiais disputadas.

Em janeiro e fevereiro, a Seleção Sub-20 ficou com o quinto lugar do Sul-Americano do Equador e não conseguiu vaga para o Mundial da Coreia do Sul. Para esta competição, foram utilizados jogadores nascidos em 1997 e 1998.

Meses depois, o Brasil disputou o Torneio de Toulon, tradicional competição internacional sub-20. A Seleção optou por enviar uma equipe formada por meninos de 18 anos, nascidos em 1999, para já começar o planejamento da Sub-20 para 2019.

A Sub-17, por sua vez, conquistou o Sul-Americano Sub-17 do Chile e ainda ficou com o terceiro lugar no Mundial da Índia. Nesta categoria, foram disputados 23 jogos em 2017, com 19 vitórias, três empates e uma derrota. Ao todo, foram convocados 57 jogadores durante o ano.

Naturalmente, quem teve mais jogadores chamados no ano foi a Sub-15, a equipe mais jovem da Seleção. Foram chamados 73 jogadores em nove convocações, seja para treinos ou para a disputa do Sul-Americano e do Nike Friendlies. A categoria ficou em segundo lugar na competição continental e levantou o troféu do torneio amistoso. 

Confira abaixo os números do ano:

CONVOCAÇÕES

Sub-20: 3

Sub-17: 6

Sub-15: 9

JOGADORES CONVOCADOS

Sub-20: 60

Sub-17: 57

Sub-15: 73

JOGOS

Sub-20: 12

Sub-17: 23

Sub-15: 13

VITÓRIAS

Sub-20: 4

Sub-17: 18

Sub-15: 11

EMPATES

Sub-20: 4

Sub-17: 3

Sub-15: 1

DERROTAS

Sub-20: 4

Sub-17: 2

Sub-15: 1

GOLS PRÓ

Sub-20: 11

Sub-17: 55

Sub-15: 34

GOLS CONTRA

Sub-20: 11

Sub-17: 13

Sub-15: 11